História

Associação Cultural Teatro dos Aloés

Razão de um nome

Em 1996 trabalhámos um magnífico texto de um autor sul-africano, Athol Fugard – Uma Lição dos Aloés, que nos falava  da  amizade, na confiança nos outros, da resistência na luta em defesa de ideais, da beleza da poesia e da arte que fazem dos homens seres superiores e felizes, da força das ideias, na crença  no progresso da humanidade e da tranquila sabedoria que é acreditar nesses objectivos.

Aprendemos em Uma Lição dos Aloés, como é possível resistir em condições adversas e vencer o medo, a suspeição e a intriga quando é bem clara a utopia que queremos concretizar.

Aprendemos como essa fabulosa planta do deserto resiste à seca durante anos e anos, alimentando-se apenas da luz, e como é capaz de deitar flor às primeiras gotas de água.

Copyright ©️ Teatro dos Aloés, 2019 todos os direitos reservados | desenvolvido por MG AGENTIA